Estudar em Espanha

imprimirenviar a um amigo

A Orden EDU/1161/2010, de 4 de mayo, "por la que se establece el procedimiento para el acceso a la Universidad española por parte de los estudiantes procedentes de sistemas educativos a los que es de aplicación el artículo 38.5 de la Ley Orgánica 2/2006, de 3 de mayo, de Educación", estabelece que poderão aceder às Universidades espanholas os alunos procedentes de sistemas educativos de Estados membros da União Europeia, sempre que tais alunos cumpram os requisitos académicos exigidos nos seus próprios sistemas educativos para o acesso aos estudos universitários.

CREDENCIAL

Os estudantes que optem por esta via de acesso, deverão apresentar a sua candidatura via Internet, nos termos das instrucções e requisitos disponibilizados no site da UNED. Este trâmite conduz à obtenção de um documento designado «Credencial» onde a classificação é expressa de 0 a 10.

Para obter a «Credencial» deberá pedir na DGES o "Certificado DGES para acesso ao ensino superior em pais estrangeiro" onde figurará uma classificação de 0 a 200. É possível consultar na página da DGES a classificação que pode ter.

PROVAS DA FASE ESPECÍFICA

Caso o aluno tenha o objectivo de estudar um curso com limitação de vagas, por exemplo Medicina, deve saber que será necessário realizar as provas da fase específica. A inscrição para estas provas costuma iniciar-se em Março e terminar em Maio. As provas costumam decorrer no segundo fim-de-semana de Junho. Estas provas são organizadas pela UNED e é no seu site que se realiza a inscrição (consultar secção C) e que é possível obter informações sobre as mesmas (programas e critérios de correcção).

NOTAS DE CORTE
As "Notas de corte" são publicadas pelas universidades, cada ano, no fim do processo de inscrições dos cursos que têm limitação de vagas (por exemplo Medicina). Esta nota representa a obtida pelo aluno que ocupou a última vaga disponível.
Estas notas são uma referência muito importante para tomar as decisões mais oportunas de forma a alcançar o objectivo proposto. As notas podem ser consultadas directamente nos sites das universidades ou páginas não oficiais que contêm informações sobre as Notas de corte.

PRE-INSCRIÇÃO

Para além de pedir a «Credencial» e de realizar as provas da fase específica, é necessário proceder à pré-inscrição (ver prazos) nas faculdades escolhidas. Não existe limite na quantidade de pre-inscrições realizadas, mas devem ser feitas dentro dos prazos que estabelece cada distrito universitário.

 

imprimirenviar a um amigo
CursosDGERT