Perguntas Frequentes

imprimirenviar a um amigo

» Como é orçamentado um trabalho de tradução?

O principal critério é o tamanho do trabalho. Sempre que possível, e de forma a calculá-lo com precisão, procede-se à contagem do número de palavras, o que costuma ser relativamente fácil no caso dos documentos em ficheiro electrónico.
Se a contagem é impossível, faz-se uma estimativa a partir do número de linhas por página e do número de páginas.

Para além do tamanho (importante porque os trabalhos maiores vêem diminuído o valor de referência por palavra), é avaliado o grau de dificuldade do trabalho. Linguagens especializadas, como a jurídica ou a médica, podem exigir uma atenção maior, bem como competências específicas por parte do tradutor.

Finalmente, é determinante a urgência do trabalho. Quando o prazo de entrega deste é muito reduzido, isso pode implicar que uma grande parte dos recursos do departamento de tradução devam concentrar-se num único trabalho para tê-lo pronto na data prevista.

É possível pedir um orçamento gratuito e sem compromisso. Se está interessado, clique aqui.

» ¿Quais as línguas traduzidas no IEL?

O Departamento de Tradução e Interpretação do Instituto Espanhol de Línguas é especializado no par de línguas português e espanhol (ou castelhano).

Isto significa que o cerne do nosso trabajo é baseado na tradução e retroversão entre ambas as línguas, o que é coerente com a vocação do Instituto. No entanto, traduzimos outras línguas: inglês, francês e todos os idiomas oficiais do Estado Espanhol:  catalão, galego e basco, sempre com tradutores nativos.

» O que é uma tradução certificada? Tem custos acrescidos?

Uma tradução certificada é uma tradução que foi apresentada no notário, perante o qual o tradutor declarou fazer-se responsável da correcção da mesma. Uma vez certificada, esta tradução é um documento oficial e, como tal, tem validade jurídica.

Evidentemente, este tipo de traduções incorrem num custo suplementar, resultante dos emolumentos notariais, que são aplicados a cada certificação (isto é, sobre cada documento traduzido). Actualmente, o valor é de 20,17 euros mais Iva.

» E uma "traducción jurada"?

Uma "traducción jurada" (tradução ajuramentada) é uma tradução feita por um "traductor intérprete jurado", nomeado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros espanhol. Em Espanha este tipo de tradução é exigida para os documentos oficiais estrangeiros apresentados junto das instituções.

» Posso pedir uma "traducción jurada" no IEL?

Sim, porque trabalhamos com um "traductor intérprete jurado" espanhol, que assegura a prestação deste serviço num prazo reduzido de tempo e a preços muito competitivos. Pode trazer os seus documentos e nós tratamos do resto.

Por vezes, para além deste tipo de tradução, é exigido o cumprimento de outros requisitos, como, por exemplo, certificar uma cópia do documento original no Consulado de Espanha, ou que leve aposta a Apostilha de Haia. Neste caso, deve realizar esse trâmite antes de pedir a tradução.

» O que é a Apostilha de Haia e porque é importante? Como consegui-la?

A Apostilha é um documento que resulta da Convenção de Haia. Os países assinantes dessa Convenção (entre os quais Espanha e Portugal) comprometem-se a aceitar como válidos quaisquer documentos legais válidos em qualquer um dos outros países assinantes da mesma.

Por isso, um documento legalmente válido em Portugal (como uma tradução certificada) que leve aposto a Apostilha da Haia, tem de ser aceite pelos outros países assinantes (entre os quais a Espanha).

Consegui-la é muito fácil. Uma vez certificada a tradução pelo notário, o cliente (ou, excepcionalmente, o tradutor) vai à Procuradoria Geral da República, na Rua da Escola Politécnica, a poucos metros da saída do metro Rato, e requer a Apostilha (ou Apostila). Mais informações aqui.

imprimirenviar a um amigo
Cursos
DGERT